02/12/2012

Old Hawaiian's Drinking Songs

Good morning, Vietnam!

Sob o meu ponto de vista, o que mais satisfaz alguém que estuda a história (não necessariamente do surf, mas dos demais assuntos existentes) é quando a pessoa encontra, por sua atitude, algo que fecha ou encaixa as informações de certo ponto estudado.

Em outras palavras, como havia publicado há um tempo a respeito dos Beach Boys (por favor, não se trata da banda pop dos anos 60), o grupo de homens realizavam diversas (e diversas mesmo) festas nas praias para entreter os convidados e turistas mais famosos que Waikiki poderia abrigar. Como uma "bolha de variedades", os garotos da praia ensinavam, principalmente, surf e à noite faziam luaus lendários - até porque se tratavam de profissionais do "bem-estar".

Perguntas não se deixavam calar: Como seriam os luaus em si? Quais eram as músicas que faziam as pessoas quererem sempre voltar?

Então, com um pingo de sorte me deparei com um álbum intitulado de "A Beach Boy Party", gravado aproximadamente em 1963 e literalmente nas areais de Waikiki. Sua turma de músicos era composta nada menos do que: Chick Daniels, Panama, Kalakaua, Abraham Kala (vulgo Fat), Jimmy Hakuole, Squeeze Kamana, Splash Lyons e, nos refrões, Duke Kahanamoku, Harry Robello, Ox, Steamboat, Turkey Love, Splash, Waltah e etc.



Confesso que se não tivesse uma carga história tão valorizada por mim, esses tipos de música iam me passar quase despercebido. Mas, por levar em consideração que Duke e os demais Beach Boys cantavam essas músicas para os seus convidados na era do Romantismo do Surf (denominação dada por mim, a qual cabe perfeitamente à época), ou seja, décadas de 20 a 40, deixou esse escritor emotivo.

Então, para compartilhar esse elo perdido aos amantes do surf e de sua história, tive o trabalho de passar todas as músicas para o Youtube, as quais encontram-se abaixo em ordem do álbum.

De seu verso, transcrevi e traduzi grande parte de seu conteúdo:

"A coisa mais interessante e incomum sobre esse álbum é a primeira vez na história dos Beach Boys, o que remonta ao tempo do rei Kamehameha, o qual foi um grande Beach Boy, que os meninos fizeram uma gravação, para não falar da primeira vez que eles foram cercados por um grupo de fotógrafos. Na verdade, eles são individualistas (...). Contrariamente à crença popular, eles não são particularmente fáceis para aceitar uma bebida, como Robert Ruark diz sobre eles. Mas se você é divertido e interessante, talvez poderá ser incluído no cheque de vez em quando (...).

Waltah Clarke, que agora vive no sul da Califórnia e que se tornou líder varejista do país de sportswear havaiano, tem sido um amigo de longa data do Beach Boys, e foi, provavelmente, a única razão capaz de reuni-los para a satisfação de seus milhares de amigos em todo o país, incluindo quase todas as celebridades de Hollywood e muitas outras pessoas famosas. Waltah sentiu que os Beach Boys e sua música (...) deveriam ser preservados, então, em 1949, ele deu uma festa para uma gravação, mas a fita foi danificada. Agora, quatorze anos depois, ele finalmente teve sucesso. E agora haverá noites frias e de neve que você se sentará junto à lareira com uma bebida ou duas para aquecê-lo e ouvir os meninos com uma lágrima sentimental, ou duas, em seus olhos.

O cantar e o tocar são inerentes aos garotos de praia, quase entretendo profissionalmente, embora os seus verdadeiros trabalhos eram ensinar surf, natação e passeios de canoa outrigger, etc. (e muitos ETC.)."

Boa viagem ao tempo:




(Duke, Harry Robello, Turkey, Ox, Splash, Chick, Steamboat, Panama, Waltah, Fat, Jimmy, Kalakaua, Squeeze, etc.)


(Chick Daniels)


(Fat Kala)


(Jimmy Hakuole, "it's so hard to say")


(Panama)


(Panama)


(Chick Daniels)


(Squeeze Kamana)


(Kalakaua)


(Kalakaua)


(Chick Daniels)


(Chick Daniels)


(Chick Daniels)


(Splash Lyons, Duke, Harry Robello, Ox, Steamboat, Turkey Love, Splash, Waltah e etc.)
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

Ronaldo Benedetti disse...

LUKI LUKI! Sonzera cara! Outro muito bom é a Ka'au Crater Boys. Toquei com eles em 2004 la na ilha. Grande abraço.