09/05/2010

Poemas




"Ali, onde apenas um momento antes, havia só uma ampla desolação e um invensível rugido, está agora um homem, ereto, completamente desenvolvido, não mais lutando frenéticamente nesse movimento selvagem, não sepultado, não espremido, e não açoitado por esses monstros poderosos, mas à frente de todos eles, calmo e soberbo, equilibrando no topo da vertígem, seus pés estão enterrados na espuma agitada, o vapor do sal subindo pelos seus joelhos e todo o resto de si ao ar livre e ao sol, e ele está voando pelo ar, voando para frente, voando rápido como as ondas onde está. Ele é um mercúrio. Seus calcanhares são alados e neles está a rapidez do mar! " - Jack London, 1907, em A Royal Sport Surfing at Waikiki.

"Os homens são simplesmente os guardiões que sustentam a vida e alimentam a alma da terra. Portanto, o aina é sagrado. A igreja da vida não está em uma construção, é o céu aberto, o oceano ao redor, a beleza do solo..." - George Helm.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Tomas Oberst Kadgien disse...

AMEN BROTHER !!!

Anônimo disse...

acabou o gás da bagaça?
que fogo de palha...